As Calibrachoas

Por Gustaaf Winters

Não se trata de nenhum apelido de madonas ou algum tipo de “trem” pra comer. Muito provavelmente esse nome lhes soem entranho, não é? Mas trata-se de uma das plantas mais “trabalhadas” em laboratório, através de cruzamentos e técnicas que envolvem o mundão da Genética.
Elas se confundem muito com as petúnias por terem flores semelhantes. Mas os botânicos já fuçaram direitinho e encontraram a diferença. 

Petúnia é caracterizada por uma pré-implantação imbricada, um número cromossômico n = 7 e revestimento de sementes formado por células com paredes ondulados com dobras convexas para cima. (anticlinal) e são na sua maioria herbáceas e anuais (Stehmann, 1999). A seccção tranversal da folha tem o formato de uma ave voando. No total possuem 14 cromossomos

Calibrachoa possui uma pré-moldagem conduplicada, um número cromossomico n = 9 e células de revestimento de sementes com paredes retas anticlinal e são predominantemente subarbustiva e perenes (as híbridas, na maioria são anuais) Por último, a seccção tranversal da folha tem o formato de um “M” (mais fechado) As calibrachoas possuem 18 cromossomos

Calibrachoa “Red Rouges”
Calibrachoa Yellow Bells

Taí! ...amantes das plantinhas.....uma nova opção para os seus projetos e seus jardins e vasos (cuias) 

São nativas da América do Sul e várias delas dos estados do sul e sudeste do Brasil.
As Calibrachoas dão show tanto em vasos como nos jardins. Basta estarem num substrato com boa parte de matéria orgânica (principalmente os híbridos). pH = 5.8 a 6.5.

Calibrachoa em vasos pendentes - Cuias
Calibrachoa em vasos
FICHA TÉCNICA
- Nome científico: Calibrachoa elegans.
- Nome popular: Calibrachoa, Mil sinos, Falsa petúnia 
- Origem: Brasil (região sudeste e sul) Peru, Chile
- Familia: Solanaceae
- Porte: De 20 a 30 m.
- Crescimento: Rápido 
- Folhas: Simples, pequenas: 4,00 x 1,50 cm) com leve penugem
- Flores: Tipo sino com cerca de 3 cm de diâmetro. Inúmeras cores simples e dobradas
- Sementes: Cápsula pequena onde se aloja a semente.
- Solo: Uma parte de terra comum, uma parte de terra vegetal e uma parte de húmus. Não usar esterco! pH 5.8 a 6.5
- Rega: Deixar o substrato húmido, porém sem encharcamentos.
- Clima: Subtropical. A sol pleno ou em locais de boa luminosidade, longe dos ventos.
- Reprodução: Por sementes em bandejas com plugs e por estacas de ponteiros. Da semente até a fase adulta leva cerca de 12 a 14 semanas.
- Uso: Por ser uma planta herbácea multi-ramificada de clima ameno, as “Calibrachoas” vão muito bem em cuias (vasos pendentes) e jardineiras.
           Seus ramos.se alongam até aonde não há mais substrato. Quando plantadas no chão, os caules se dobram e se alastram. 
            Melhor época de plantio é no outono. Elas crescerão no inverno e florescerão na primavera e verão.
            Ao fim da florada, remover as flores secas e promover uma leve poda para que elas retomem a brotação por mais alguns meses. 
- Adubação: NPK 4:14:8, 5 a 8 gr/planta, a cada 2 meses. 
 
Onde encontrar: CEASAs Campinas e São Paulo. Sementes e mudinhas (plugs) produzidas e comercializadas pela Ball, em  Holambra.
Calibrachoa dobrada
Calibrachoa biosolaris

Plantas Interessantes

Lançamentos, curiosidades que você também poderá receber por nossos News letter.

 

Cadastre seu E-mail

Voce vai receber nossas notícias sobre cursos e informaçoes interessantes sobre plantas.

Digite o Resultado da soma: 3+2